Métricas de vendas no varejo: o que são e por que avaliar?

O objetivo principal de uma empresa é aumentar os lucros. Para as que atuam no varejo, o caminho para o sucesso passa, necessariamente, pela geração de novos negócios, que precisam ser medidos através das métricas de vendas, que avaliam tanto a quantidade de vendas quanto a qualidade do processo adotado.

As métricas de vendas permitem que o gestor analise o desempenho da equipe e, a partir desse resultado, organize e defina a melhor estratégia a ser aplicada, corrigindo possíveis falhas ao longo do atendimento. Neste artigo, trataremos desse tema e falaremos um pouco sobre algumas métricas de vendas que podem ser úteis para a sua empresa. Confira.

O que são métricas de vendas no varejo

As métricas de vendas são técnicas usadas no varejo, que servem para medir os dados e manipulá-los para aprimorar a gestão da área comercial de uma empresa. Os dados obtidos pelas métricas de vendas ajudam a melhorar o relacionamento da empresa com o cliente, além de agilizar serviços e processos da equipe de vendas e possibilitar a previsão do faturamento.

O uso de métricas de vendas no varejo ajuda a mensurar os erros e acertos da estratégia vigente, auxiliando, dessa forma, na tomada de decisões futuras.

Quais são as métricas de vendas para o varejo

Existem diversas métricas de vendas que podem ser adotadas no varejo. Entre elas, podemos citar:

Lucratividade

Essa é uma das principais métricas usadas para identificar se os negócios que a empresa gera são suficientes para cobrir os gastos e, ainda assim, gerar lucro. Para uma empresa, essa informação é muito importante, pois possibilita a avaliação de seus resultados. 

A lucratividade pode ser medida pela divisão matemática do lucro obtido pelo valor da receita de vendas.

Ticket médio de vendas

O ticket médio de vendas diz respeito ao valor que os clientes gastaram, em média, na sua loja, durante um período determinado de tempo (mensalmente, por exemplo).

A mensuração do ticket médio ajuda a entender as necessidades dos clientes, assim como possibilita o melhoramento do relacionamento com os clientes que mais compram.

Custo de aquisição de clientes

Esse indicador mostra quanto a empresa teve que investir para transformar um lead (pessoa com potencial de compra) em um cliente, efetivamente. Esse cálculo deve levar em consideração todos os seus custos com a equipe de vendas, as ações de marketing, a mão de obra, a tecnologia etc.

Taxa de conversão

A taxa de conversão analisa o número total de vendas em relação a quantidade de visitas que a loja (online ou física) recebeu. Essa métrica é útil para desenvolver estratégias de captação de novos cliente e fidelização dos já existentes.

Satisfação do cliente

Todo o trabalho de uma empresa gira em torno da satisfação do cliente, portanto, essa é uma métrica essencial para toda empresa que almeja o crescimento. A fim de conhecer esses dados, pesquisas online, por telefone e/ou e-mail, bem como inquirições pós-venda são ações indicadas.

Neste artigo, falamos um pouco sobre as métricas de vendas e as suas vantagens, assim como algumas métricas aplicáveis ao varejo. Mensurar os resultados da sua empresa é fundamental para a tomada de decisões e a realização de planejamentos estratégicos eficientes.

Para receber nossos conteúdos exclusivos e conferir as novidades da nossa empresa, siga nossas redes sociais! Estamos no Facebook, no LinkedIn e no Instagram!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *